quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Quote of the Day


"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."

Clarice Lispector
Escritora brasileira  (1920 - 1977)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

domingo, 26 de dezembro de 2010

Netherlands tulip fields

Beautiful Tulips

At first glance, it looks like a giant child armed with a box of crayons has been set loose upon the landscape. Vivid stripes of purple, yellow, red, pink, orange and green make up a glorious Technicolor patchwork. 
Yet far from being a child sketchbook, this is, in fact, the northern Netherlands in the middle of the tulip season. 


With more than 10,000 hectares devoted to the cultivation of these delicate flowers, the Dutch landscape in May is a kaleidoscope of giddy colors as the tulips burst into life. The bulbs were planted in late October and early November, and these colorful creations are now ready to be picked and sold as bunches of cut flowers in florists and supermarkets. 
More than three billion tulips are grown each year and two-thirds of the vibrant blooms are exported, mostly to the USA and Germany.



Their dazzling colors are thanks to the years in the 17th century when Tulip
mania swept the globe and the most eye-catching specimens changed hands for a small fortune. But like a rainbow, this colorful landscape is a short-lived phenomenon. 


When the flowers are gone, the land will be cultivated for a rather more mundane crop of vegetables. The Netherlands produce more than nine million bulbs a year.








sábado, 25 de dezembro de 2010

Quote of the Day


"Happiness is when what you think, what you say, and what you do are in harmony."
Mahatma Gandhi Indian political and spiritual leader (1869 - 1948)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Quote of the Day

 
Princess Elizabeth Asquith Bibesco
 
"Blessed are those who can give without remembering, and take without forgetting."
Princess Elizabeth Asquith Bibesco

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Poema de Mário Quintana

Quem Sabe um Dia

Quem sabe um dia
Quem sabe um seremos
Quem sabe um viveremos
Quem sabe um morreremos!

Quem é que
Quem é macho
Quem é fêmea
Quem é humano, apenas!

Sabe amar
Sabe de mim e de si
Sabe de nós
Sabe ser um!

Um dia
Um mês
Um ano
Um(a) vida!

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois

Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois

Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois

Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois

Mário Quintana

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Quote of the Day

 
 
 
 
"The most important thing is to be whatever you are without shame."
Rod Steiger

Feliz Ano Velho!

Nos últimos dias do ano, é sempre salutar fazermos um retrospecto do ano que estamos deixando para trás. Esse balanço, para mim, é fundamental para mensurar o tanto que realizei, o que faltou ser realizado e o quanto ainda quero poder realizar no ano vindouro.

Então, quando paro para pensar nas diretrizes que segui durante 2010, acredito que tive um feliz ano velho! Planejei algumas coisas e realizei 70% delas... E além daquelas que planejei, outras coisas surgiram no meio do caminho e foram benvindas =)

Para 2011, tenho novos planos e procuro poder ter forças, saúde, sorte, determinação, auto-confiança e paciência suficientes para realizá-los. Tenho, no entanto, a certeza de temos que ser pessoas melhores - sempre! E para isso, mudar também faz parte das novas metas e mudar para melhor!

Deixo aqui uma frase que nos leva de encontro ao novo, às novas perspectivas, aos novos sonhos. Mais uma vez por aqui, desfila Mário Quintana:
 

"Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça..."

 Espero que tenhamos todos vivido um 'Feliz Ano Velho'! Prontos, então, para abraçar um Feliz Ano Novo!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Quote of the Day

 
"Happiness is essentially a state of going somewhere, wholeheartedly, 
one-directionally, without regret or reservation."
 
William H. Sheldon

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Quote of the Day



"I usually make up my mind about a man in ten seconds; and I very rarely change it."

Margaret Thatcher
British politician

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Quote of the Day

 
 
 
 
 
 
"They are never alone that are accompanied with noble thoughts."
Sir Philip Sidney
English poet, politician & soldier

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A poesia de Carlos Drummond de Andrade

Para mim, um poema perfeito é aquele que me faz sentir as coisas nele descritas e revisito sentimentos que um dia estiveram comigo.

No momento atual da minha vida - fim de ano, fim de ciclos - leio Carlos Drummond e me sinto revigorada para pensar num recomeço, mas sem melancolia ou tristeza: o que me inunda agora é um outro tipo de sentimento - algo como o oposto da autocomiseração.

Admito meus erros, mas me consolo e sigo em frente. A hora é de reconhecer falhas e nem por isso sentir pena de mim mesma. É como fazer parte de um grande grupo, o grupo dos que tentam! Tentam, mas nem sempre acertam. O importante é continuar tentando.

Bom, ânimo e sigamos em frente! Espero que gostem do poema!


RECOMEÇAR

Não importa onde você parou…
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e
necessário “Recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período?
foi aprendizado…
Chorou muito?
foi limpeza da alma…

Ficou com raiva das pessoas?
foi para perdoá-las um dia…

Sentiu-se só por diversas vezes?
é porque fechaste a porta até para os anjos…
Acreditou que tudo estava perdido?
era o início da tua melhora…
Pois é…agora é hora de reiniciar…de pensar na luz…
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Que tal
Um corte de cabelo arrojado…diferente?
Um novo curso…ou aquele velho desejo de aprender a
pintar…desenhar…dominar o computador…
ou qualquer outra coisa…

Olha quanto desafio…quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te
esperando.

Tá se sentindo sozinho?
besteira…tem tanta gente que você afastou com o
seu “período de isolamento”…
tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu
para “chegar” perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza…
nem nós mesmos nos suportamos…
ficamos horríveis…
o mal humor vai comendo nosso fígado…
até a boca fica amarga.
Recomeçar…hoje é um bom dia para começar novos
desafios.
Onde você quer chegar? ir alto…sonhe alto… queira o
melhor do melhor… queira coisas boas para a vida… pensando assim
trazemos prá nós aquilo que desejamos… se pensamos pequeno…
coisas pequenas teremos…
já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente
lutarmos pelo melhor…
o melhor vai se instalar na nossa vida.
E é hoje o dia da faxina mental…
joga fora tudo que te prende ao passado… ao mundinho
de coisas tristes…
fotos…peças de roupa, papel de bala…ingressos de
cinema, bilhetes de viagens… e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados… jogue tudo fora… mas principalmente… esvazie seu coração… fique pronto para a vida… para um novo amor… Lembre-se somos apaixonáveis… somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes… afinal de contas… Nós somos o “Amor”…
"Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do
tamanho da minha altura.”

Quote of the Day

 
 
 
 
 
"We don't see things as they are, 
we see things as we are."
 
Anais Nin 
French-born author & diarist

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Quote of the Day

 
 
 
"Never regret. If it's good, it's wonderful.
If it's bad, it's experience."
 
Victoria Holt

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Quote of the Day



"That's what I consider true generosity. You give your all,
and yet you always feel as if it costs you nothing."
Simone de Beauvoir

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Love hurts


Uma das piores dores que alguém pode sentir não é física. A dor de amor é, ao mesmo tempo, a pior dor e também a mais modificadora. Quando achamos que ela não vai mais estar conosco, lá avistamos a dor de amor a nos espreitar... 

Tolos somos nós que um dia chegamos a acreditar que a dor de amor teria partido e que nunca mais voltaria. Ela apenas hiberna e não morre como gostaríamos. E se esse período de hibernação for muito longo, ela volta mais forte - pronta para nos atacar, sem tomar conhecimento de nosso pobre coração.

E por que um dia chegamos a pensar que ela tinha partido, para bem longe, para nunca mais voltar? Afinal de contas, estar vivo é correr o risco de vislumbrar essa dor - pelo menos uma vez na vida! É estar sempre vulnerável ao amor e seus demônios (ou ainda podemos ter aquela visão romântica dos cupidos, tão rechonchudos, singelos e inofensivos?!?!).

Além disso, a dor de amor pode despertar em nós uma tristeza que beira as raias da breguice. E ao pensar nisso, lembrei de uma música dos anos 80. O título não poderia ser mais alegórico.

Love Hurts - Nazareth (Boudleaux Bryant / Felice Bryant) 

Love hurts, love scars, love wounds' and most
Any heart not tough or strong enough
To take a lot of pain, take a lot of pain
Love is like a cloud, it holds a lot of rain
Love hurts, oh, oh love hurts

I'm young, I know, but even so
I know a thing or two, I learned from you

I really learned a lot, really learned a lot

Love is like a flame it burns you when it's hot
Love hurts, oh, oh, love hurts

Some fools think of happiness, blissfulness, togetherness
Some fools fool themselves, I guess
They're not foolin' me
I know it isn't true, I know it isn't true
Love is just a lie made to make you blue

 
Love hurts, oh, oh love hurts
Oh, oh, love hurts



Embora essa dor não seja algo agradável e muito menos suportável, ela também desempenha um papel crucial em nossas vidas: a função de nos tornar mais fortes e mais atentos em relação a quem entregamos - de bandeja - nosso coração. A dor de amor é algo inevitável que nos encontra um dia - queiramos ou não. Ela não depende de nossa própria vontade para existir ou para cessar de existir. Ela vem sem avisar e vai embora enxotada pelo nosso amor próprio e auto-determinação.

Well, espero que a próxima visita dessa Senhora Dor de Amor não seja tão em breve, já que é preciso se recuperar, curar as feridas, antes de sofrer um novo ataque.

domingo, 28 de novembro de 2010

Jack Johnson e suas canções

Ao ouvir algumas cançõese de Jack Johnson, me sinto mais leve e em contato com a energia da natureza. Sempre que possível, tento aprender alguma coisa que me faça mais feliz, menos estressada e mais zen. E as canções desse artista me fazem realmente bem!

Quando ouço e vejo o clipe da música abaixo,  parece que meus problemas são pequenos diante de tantas possibilidades que temos de conhecer, descobrir e evoluir nessa vida nossa de cada dia.  A música diz assim:

Upside Down
Who's to say
What's impossible
Well they forgot
This world keeps spinning
And with each new day
I can feel the change in everything
And as the surface breaks reflections fade
But in some ways they remain the same
And as my mind begins to spread its wings
There's no stopping curiosity

I wanna turn the whole thing upside down
I'll find the things they say just can't be found
I'll share this love I find with everyone
We'll sing and dance to Mother Nature's songs
I don't want this feeling to go away

Who's to say
I can't do everything
Well I can try
And as I roll along I begin to find
Things aren't always just what they seem

I want to turn the whole thing upside down
I'll find the things they say just can't be found
I'll share this love I find with everyone
We'll sing and dance to Mother Nature's songs
This world keeps spinning and there's no time to waste
Well it all keeps spinning spinning round and round and

Upside down
Who's to say what's impossible and can't be found
I don't want this feeling to go away

Please don't go away
Please don't go away
Please don't go away
Is this how it's supposed to be


Para ver o clipe: http://www.youtube.com/watch?v=dqUdI4AIDF0
 
E o cara ainda surfa muito bem! Admiro pessoas que sabem surfar...

Bom domingo =)

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Quote of the Day

 
"Love is the ability and willingness to allow those
that you care for to be what they choose for themselves 
without any insistence that they satisfy you." 
Wayne Dyer

domingo, 21 de novembro de 2010

A poesia de Vinícius de Moraes


Poética

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

Brasília ao anoitecer, SCS
A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.

Vinícius de Moraes

sábado, 20 de novembro de 2010

A poesia de Mário Quintana

 Amar:

Fechei os olhos para não te ver
e a minha boca para não dizer...
E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei,
e da minha boca fechada nasceram sussurros
e palavras mudas que te dediquei...

O amor é quando a gente mora um no outro.

Mário Quintana

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Silêncio

"My personal hobbies are reading, listening to music, and silence."
Edith Sitwell

Quando li a frase acima, fiquei pensativa e resolvi expressar meus pensamentos sobre o silêncio. Estar em silêncio ou ouvir o silêncio tem sido algo muito raro em nossos dias. Não ficamos mais em silêncio, não costumamos silenciar nossos pensamentos, não diminuímos o volume de nossa mente, e não aquietamos mais nossas mágoas ou frustrações.

No entanto, é necessário o silêncio, a pausa, o hiato sempre. Lembro-me de quando era criança e ficava horas em silêncio, fazendo meus deveres de casa, olhando para chuva que caia lá fora, tentando ouvir apenas as minhas idéias. Ouvia o barulho que só o lápis faz no papel, do folhear de páginas ou do bater dos pingos de chuva no vidro. E aquele silêncio me inundava, me preenchia e ficava muito feliz quando me sentia inteira com o silêncio - praticamente éramos uma coisa só! 

Por outro lado, ficava feliz quando meus pais chegavam em casa - e havia um barulho bom do tilentar da chave na porta, da porta entreabrindo, dos passos suaves de minha mãe ou dos passos firmes de meu pai que chegavam e quebravam o meu silêncio, assim de repente! Era preciso apreciar o silêncio para também poder valorizar os sons do cotidiano.

Nos dias de hoje, o silêncio não é mais como antes. O silêncio não está mais tão presente em nossas vidas e parece que os seres humanos não sabem mais ficar em silêncio, apreciá-lo e muito menos desejá-lo. Por que? Será que temos medo do silêncio, do nosso silêncio interior? Ou será que é mal-visto aquele que não tem o que falar ou aquele que não tem sobre o que falar, dar sua opinião?

E foi pensando no silêncio que o cineasta alemão Wim Wenders montou a mostra de fotografias Lugares, Estranhos e Quietos. A mostra que está no MASP (Museu de Artes de São Paulo) é composta por 23 fotos de até 6 metros quadrados feitas em diferentes países como Japão, Alemanha, Israel, Estados Unidos e Armênia. Abaixo, uma foto da cidade de Butte, no estado norte-americano de Montana, tirada em 2008.


Quanto tempo é possível permanencer em silêncio no turbilhão de nossa vida (pós) moderna? O que sentimos quando estamos em silêncio? Conseguimos permanecer em silêncio se acompanhados por outro alguém?

Refletir sobre o silêncio é pensar em algo que não se completa em si. É preciso ficar em silêncio! Exercitemos o silêncio... Com o poema abaixo, me despeço - em silêncio!

enquanto dormes
escuto os teus movimentos
nas brumas matinais,
escuto o teu sono
quando deitados estamos
e não faço outra coisa
a não ser olhar-te

sigo o caminho entre as brumas
e não pergunto quando se irão dissolver
não quero fazer mais perguntas

quero escutar-te, escutar o tempo,
o tempo em que estás,
o tempo que poderei estar perto

no silêncio recordo as palavras
que te desejo dizer
são as palavras
que não cabem neste espaço

(tu sabes, que a lua as conhece...)

penso-te no silêncio desta manhã,
como a linguagem
que quero falar...
mas agora, não quero falar,
só te quero escutar
enquanto dormes

guardo os teus movimentos,
escuto o teu sono
e não faço outra coisa
a não ser olhar-te,
pois em breve irás acordar
a qualquer momento...
Rui Luis  

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Quote of the Day

"I believe that one of life's greatest risks is never daring to risk."
Oprah Winfrey, US actress & television talk show host

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Quote of the Day

"Keep away from people who try to belittle your ambitions. Small people always do that, but the really great make you feel that you, too, can become great."
 
Mark Twain US humorist, novelist, short story author, & wit

Viver ou juntar dinheiro ?!?!

Neste fim de domingo, recebo um e-mail de uma amiga que mora distante daqui - no Canadá - mas que está em sintonia comigo. Sendo assim, resolvi compartilhar com todos o texto do qual gostei!
 
Viver ou juntar dinheiro!??! - por Max Gehringer
Recebi uma mensagem muito interessante de um ouvinte da CBN e peço licença para lê-la na íntegra, porque ela nem precisa dos meus comentários. Lá vai:

"Prezado Max meu nome é Sérgio, tenho 61 anos, e pertenço a uma geração azarada. Quando eu era jovem as pessoas diziam em escutar os mais velhos, que eram mais sábios agora me dizem que tenho de escutar os jovens porque são mais inteligentes.

Na semana passada eu li numa revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. E eu aprendi muita coisa. Aprendi por exemplo, que se eu tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, durante os últimos 40 anos, eu teria economizado R$ 30.000,00. Se eu tivesse deixado de comer uma pizza por mês teria economizado R$ 12.000,00 e assim por diante. Impressionado peguei um papel e comecei a fazer contas, e descobri para minha surpresa que hoje eu poderia estar milionário.

Bastava eu não ter tomado as caipirinhas que eu tomei, não ter feito muitas das viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que eu comprei, e principalmente não ter desperdiçado meu dinheiro, em itens supérfluos e descartáveis.

Ao concluir os cálculos percebi que hoje eu poderia ter quase R$ 500.000,00 na conta bancária. É claro que eu não tenho este dinheiro. Mas se tivesse sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?

Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar com itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que eu quisesse e tomar cafezinhos à vontade. Por isso acho que me sinto feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro com prazer e por prazer.

E recomendo aos jovens e brilhantes executivos, que façam a mesma coisa que eu fiz. Caso contrário eles chegarão aos 61 anos com um monte de dinheiro, mas sem ter vivido a vida".

No mínimo, para pensar...

"Não eduque o seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim, ele saberá o valor das coisas, não o seu preço"

Boa semana =) 

domingo, 7 de novembro de 2010

Quote of the Day

 
 
 
 
 
 
"It was such a lovely day I thought it a pity to get up."
 
W. Somerset Maugham  

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Quote of the Day

 
 
 
"Love all, trust a few. Do wrong to none."
 
William Shakespeare  English dramatist & poet (1564 - 161)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Quote of the Day


 


Be ashamed to die until you have won some victory for humanity.

Horace Mann
US educator (1796 - 1859)




domingo, 31 de outubro de 2010

Canções de amor

 Sempre gostei de ouvir músicas que me fizessem pensar ou sentir coisas parecidas com o que já tenha vivido um dia. E existe um grupo que faz as duas coisas comigo: penso e sinto com a música deles!
O grupo se chama Maroon 5 e é um grupo americano de rock 'n roll , um rock mais light, pop, com letras suaves que  discutem as relações homem-mulher. Os clipes são sempre caprichados e o dessa música aí abaixo é muito bem feito. Além de ter letras muito legais, o som é ótimo. E para nossa sorte, ainda há um vocalista charmosésimo que nos encanta os olhos também.
Se você quiser curtir o clipe, aqui vai o link:

A letra da música está abaixo.
Goodnight, Goodnight

You left me hanging from a thread we once swung from together
I've lick my wounds but I can't ever see them getting better
Something's gotta change
Things cannot stay the same

Her hair was pressed against her face
Her eyes were red with anger
Enraged by things unsaid and empty beds and bad behavior
Something's gotta change
It must be rearranged

I'm sorry
I did not mean to hurt my little girl
It's beyond me
I cannot carry the weight of the heavy world
So goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Hope that things work out all right

The room was silent as we all tried so hard to remember
The way it feels to be alive
The day that he first met her
Something's gotta change
Things cannot stay the same

You make me think of someone wonderful,
But I can't place her
I wake up every morning wishing one more time to face her
Something's gotta change
It must be rearranged, oh

I'm sorry,
I did not mean to hurt my little girl
It's beyond me,
I cannot carry the weight of the heavy world
So goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Goodnight, goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Hope that things work out all right

So much to love
So much to learn
But I won't be there to teach you
I know I can be close
But I try my best to reach you

I'm so sorry,
I did not mean to hurt my little girl
It's beyond me,
I cannot carry the weight of the heavy world
So goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Goodnight, goodnight, goodnight, goodnight, goodnight
Hope that things work out all right


Bom domingo para todos!
=)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Quote of the Day

"At the end of the day, whether or not those people are comfortable with how you're living your life doesn't matter.
What matters is whether you're comfortable with it."
 
Phillip C. McGraw

terça-feira, 26 de outubro de 2010

sábado, 23 de outubro de 2010

Quote of the Day

 
"A sense of humor is part of the art of leadership,
of getting along with people, of getting things done."
 
Dwight D. Eisenhower
34th president of US 1953-1961

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Política...?? Sim!!



Em tempos de eleição, não é possível isentar-se do debate - pelo menos para mim. Os ânimos ficam exaltados e, muitas vezes, as paixões tomam conta.

O seguinte texto me foi encaminhado por uma pessoa muito especial e achei muitíssimo inteligente e interessante. I hope you enjoy it!

 
                                         
  
A Direita Urge - por Marcelo Carneiro da Cunha

         Estimados leitores, sim, a direita existe. Papai Noel talvez não exista assim lá muito concretamente, existem dúvidas quanto a real natureza dos duendes e da Jessica Alba, eu sinceramente creio que pensar em OVNIS é absoluta falta de tempo ou noção, e nunca vi uma mulher dotada de senso de humor, portanto, acho que não existem.
        Mas, a direita, estimados leitores, existe.
Ela faz que não, jura que se reformou e agora adora a humanidade, inclusive a que não possui conta em paraíso fiscal; ela assegura a quem estiver por perto que essa coisa de direita é ultrapassada e agora somos todos de centro, mas isso é, nas palavras da minha boa, sólida e direitista avó Jovita, papo pra boi dormir.
      A direita, estimados leitores, está aqui ao nosso redor, louquinha pra mostrar o que é bom pra tosse. Ela fez que saiu de cena e se mandou para o Maranhão, onde os Sarney cuidam de tudo e ninguém diz ai sem saber para que lado o vento sopra, mas não é verdade. Ela está aqui, ela está ali, ela está em toda parte, e sempre do lado da sombra, que é onde ela se sente mais à vontade.
      Se você caiu nesse conto do vigário e do bispo, de que a direita não existe, lembre que tanto o vigário quanto o bispo são os representantes dela vestidos em robes esquisitos ou em ternos de mau-gosto. Eles detestam as minorias, não é? Eles não querem saber de gays tendo os seus direitos constitucionais respeitados, não é? Mulher é tão inferior que não pode ser ordenada, não é mesmo?
      A direita faz que não está ali, que agora entrou pro mercado de ações e aprendeu a se comportar, mas ela é a mesma, estimados leitores. Ela não gosta de liberdades, tem pavor dessa tal de democracia, com a qual ela finge que concorda porque não há outro jeito. Ela nunca engoliu o sapo barbudo, e foi engolida por ele, mas não se conforma.
     A direita descobriu a internet, estimados leitores, e nos encheu de emails sobre o horror do PT e o fim do mundo que o Lula aprontou pra todos nós. Você não recebeu toneladas de mails raivosos e rabugentos nesses tempos e mesmo antes deles? Como se parecem esses mails? Eles não têm sabor de veneno e olhar de predador louco pela sua carcaça? Eles não ficam lhe avisando para se cuidar com tudo que está ali fora? Eles não lhe avisam que o que está ali fora quer terminar com a civilização ocidental e o direito divino dos que sempre tiveram tudo de continuar tendo? Eles não são basicamente contra tudo?
     A única desvantagem séria que a direita tem em relação ao resto do mundo, é que ela pode ser desprovida de respeito por você e de escrúpulos com relação a tudo, mas, felizmente, ela é burra. Ela ruge contra tudo que está aí, mas ela não compreende quase nada do que acontece.       
     Ela grita, mas não sabe, ela reclama, mas não propõe. Algum dos emails que você recebeu propunha alguma coisa que fosse utilizável por um cidadão de bem, ou não passava de denuncias tão malucas quanto improvadas?
     A direita, estimado leitor, não está nem aí para as provas, ou para a razão, pois ela não precisa de nada disso para viver. Para ela, basta a raiva. Algum email que você recebeu era raivoso?
     A direita se faz de boazinha e carola, e a gente diz, óoooo, que terna! Aí vem a eleição, e a maioria do povo não se mostra simpática a ela, e ela mostra o seu real rosto, em sua sublime feiúra. Sabe criança que se faz de boazinha, aí você diz não e ela abre o berreiro? Você recebeu algum email com berreiro recentemente?
     A direita sabe de ódio de classe, estimados leitores. Ela não entende, não aceita, não imagina um mundo de iguais. Ela diz que o Bolsa Família está destruindo a sociedade porque agora os mais pobres preferem não fazer nada a trabalhar nas casas deles. Você não recebeu mail sobre isso? Sobre os pobres preguiçosos que não querem mais trabalhar por migalha? Ela suportou o Lula porque não havia muita escolha e ele era espero demais para ela, mas agora quer vingança. Você recebeu emails pedindo vingança, estimado leitor?
     Alguns de vocês talvez achem que o nome do sistema define se ele é esquerda ou direita. Basta o partido ter social no nome para ser de esquerda. E portanto, nenhum partido é de direita, já que nenhum se anuncia assim. Não é o nome, estimados leitor, mas a atitude. Alguém aí duvida que o tal de DEM é de direita? Mas ele não se anuncia assim, não é?
     Assim, estimados leitores, e para simplificar as coisas, o Chavez é de direita, assim como o Bibi. O odioso Ahmadinejad e seus aitatolás são pra lá de Bagdá, se o assunto é direitismo. Cuba é de direita, a Rússia idem. A Europa Ocidental é toda de esquerda, em matizes que variam em torno da clássica social-democracia, o Brasil tem sido governado de um jeito de centro esquerda, a Argentina é peronista, o que quer dizer que não há como saber de que lado ela fica. Os Estados Unidos são de direita, mesmo que o Obama não seja ou goste disso, e a direita deles é ainda muito, mais muito cheia de raiva do que a nossa, até agora.
      Uma colunista foi demitida de um grande jornal de São Paulo simplesmente por escrever uma coluna que discordava da linha editorial do jornal, que é de direita. A imprensa brasileira, toda ela, não se assume de direita e diz que essas coisas não existem e que a imprensa é livre.
A colunista de um grande jornal de direita acaba de ser demitida por ser livre. Quem não gosta de liberdade são eles. Quem não sabe o que fazer com ela, são eles. Quem inventou que eles eram democratas, foram eles. Não são, deixaram isso claro, e, portanto, colocaram à mostra os seus mesmos e enormes dentes.
     A direita, estimados leitores, existe e ruge. O que você acha disso diz muito do que você é, do que o seu voto vai ser, e do que esse país vai se tornar.


Marcelo Carneiro da Cunha é escritor e jornalista. Escreveu o argumento do curta-metragem "O Branco", premiado em Berlim e outros importantes festivais. Entre outros, publicou o livro de contos "Simples" e o romance "O Nosso Juiz", pela editora Record. Acaba de escrever o romance "Depois do Sexo", que foi publicado em junho pela Record. Dois longas-metragens estão sendo produzidos a partir de seus romances "Insônia" e "Antes que o Mundo Acabe", publicados pela editora Projeto.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Being a teacher


“Um professor afeta a eternidade; é impossível dizer até onde vai sua influência”.
Henry Adams

O efeito do ensino nas pessoas e no destino da humanidade é revolucionário.
O conhecimento liberta, faz crescer, transforma, enriquece, muda valores...

Só o conhecimento é capaz de transformar uma sociedade, libertando-a da escuridão da ignorância, da pobreza, da demagogia; proporcionando seu crescimento e a conseqüente melhoria na qualidade de vida das pessoas. O professor é o instrumento responsável por essa mudança.

E como a sociedade está valorizando esse instrumento? Pensemos nisso!
 
Feliz dia dos professores!